Suplementos Alimentares

Rádio ESPORTESNET

Mostrando postagens com marcador #Futebol. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #Futebol. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 4 de março de 2016

Noite de Tango no Allianz Parque

Basta clicar na imagem abaixo:

 Basta clicar e ler a matéria completa


O portal democrático do esporte www.esportesnet.com.br www.radioesportesnet.com.br

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: contato@esportesnet.com.br


Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

quarta-feira, 2 de março de 2016

ESPORTESNET

Um dia de muitas vitórias para todos...

Quem curtiu, compartilha.








O portal democrático do esporte www.esportesnet.com.br www.radioesportesnet.com.br Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: contato@esportesnet.com.br Twitter: http://www.twitter.com/ESPORTESNET_ Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c Instagram: www.instagram.com/ESPORTESNET

sábado, 15 de agosto de 2015

CATS X Diadema ao vivo pela Rádio ESPORTESNET


     Neste domingo, dia 16 de Agosto de 2015 tem transmissão ao vivo na Rádio ESPORTESNET, ouça, compartilhe, chame os amigos...






O portal democrático do esporte www.esportesnet.com.br

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: contato@esportesnet.com.br

Twitter: http://www.twitter.com/ESPORTESNET_

Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no 
Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Ouça, compartilhe...





O portal democrático do esporte www.esportesnet.com.br Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: contato@esportesnet.com.br Twitter: http://www.twitter.com/feafirmino Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Feliz dia do amigo







O portal democrático do esporte www.esportesnet.com.br

 Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: contato@esportesnet.com.br

Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Ibra chega ao PSG




Mais um grande reforço ao PSG. Divulgação

     O Diretor de Futebol do Paris Saint-Germain, Leonardo, anunciou que  o sueco Zlatan Ibrahimovic é o mais novo reforço da equipe francesa. Assim ele se junta a Thiago Silva, que no sábado já havia aceitado a proposta milionária do clube dirigido por Nasser Al Khelaifi.
     “Temos um acordo, o negócio está feito. Zlatan Ibrahimovic é nosso jogador e fará história no PSG”, revelou Leonardo. O empresário do sueco, Mino Raiola também comentou a negociação: “Foi uma decisão muito importante para a carreira dele. Assim como todas as decisões, foi necessária uma negociação longa. Quando você perde um amor, você pode encontrar outro depois”.
     A imprensa europeia fala em um contrato de três anos e R$ 30 milhões de salário por temporada. Já o PSG teria desembolsado 24 milhões de euros (R$ 60 milhões) para tirar Ibra do Milan. Assim, os franceses passam a contar com quatro ex-milanistas: Leonardo (jogador, dirigente e técnico), o treinador Carlo Ancelotti, Thiago Silva e Ibrahimovic.
     Para esta temporada, o PSG já havia fechado com o atacante argentino Ezequiel Lavezzi, que pertencia ao Napoli. O elenco de Ancelotti ainda conta com os zagueiros Alex (ex-Santos e Chelsea) e Diego Lugano, o lateral esquerdo Maxwell, o volante Thiago Motta e os meias Javier Pastore e Nenê.
     Ibrahimovic passa férias em Ibiza, na Espanha, e deve ser apresentado na quarta-feira, enquanto Thiago Silva vestirá as novas cores somente após as Olimpíadas de Londres.

Fernando Alves Firmino


Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br


Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Vai Corinthians !!!!!!




     Chegou o dia, nem mesmo o grande poeta, Nelson Rodrigues a qual este ano se comemora seu centenário, não conseguiria escrever com tantos traços de dramaticidade e talvez com requintes de crueldade futebolística.

     Mas como em todo romance, tudo deu certo e o Corinthians finalmente conquistou a Taça Libertadores da América, agora sem dúvida um título internacional conquistado com legalidade, dignidade e acima de tudo, bom futebol pela equipe da capital paulista, de 102 anos de tradição e glórias mil.

    Parabéns ao Corinthians que pela primeira vez em sua história teve a ombridade de trabalhar com um projeto definido, valorizar o grupo, respeitar o trabalho de um treinador como Tite que a alguns anos foi injustiçado no Palmeiras ao fazer um bom trabalho e ano passado quase foi execrado pela Fiel Torcida, esta mesma torcida que hoje grita aos quatro ventos que Tite é um gênio, mas que pediu sua cabeça ao perder para o Tolima.

    Corinthians este que ao trazer jogadores como Danilo que muitos consideram lento, sem sal, mas que foi fundamental no equilibrio tático e no toque refinado, colocou magia ao meio campo corinthiano. Liedson que para muitos estava acabado ajudou muito a equipe quando solicitado. Chicão, um leão na zaga do time. Time que descobriu a muralha Cássio, que trouxe a tranquilidade que a equipe precisava e na raça e equilíbrio de Ralf e Paulinho achou uma dupla sensacional para empurrar a máquina alvinegra e não podemos esquecer é claro do mais recente talismã, Romarinho, o menino que chegou "ontem" ao Parque São Jorge, entrou em uma "fogueira" em La Bombonera perdendo de 1 a 0 para o Boca e com uma frieza digna dos grandes do futebol mundial empatou o jogo e na minha opinião, ali ganhando o título.

    Este é o título do time de maior torcida do Brasil. Parabéns aos Corinthianos por finalmente terem em sua galeria um legítimo título internacional e assim colocar a sua galeria um selo na sua tão frondosa história.

Por Fernando Alves Firmino

Sheik colocou um sorriso no rosto dos torcedores. Foto: Tom Dib


Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br


Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Mano responde a insinuações de presidente do Santos

Mano Menezes, no treino do Brasil em Washington (Foto: Mowa Press)
Mano foi rápido ao responder ao Presidente do Santos. Foto: Mowa Press





     O técnico Mano Menezes não deixou por menos quando ouviu as insinuações do presidente do Santos, Luis Alvaro Ribeiro, que havia dito acreditar em uma conspiração Corinthians/Seleção, por conta do excesso de atletas convocados pelo Santos e a ausência de atletas do Timão nas convocações do Brasil.

     - Foi uma declaração infeliz de pós-jogo, talvez para tirar o foco de uma derrota. Acho que temos de tomar cuidado, pois Santos e Corinthians são grandes e ficar falando algumas coisas sempre fica um efeito negativo - comentou Mano, em entrevista à "ESPN Brasil", fazendo questão de explicar sua predileção por atletas do Peixe:

     - Não convoquei jogadores do Corinthians porque a convocação era voltada para jogadores abaixo de 23 anos.



Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br

Twitter: http://www.twitter.com/feafirmino

Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

Schevchenko, o craque que deixa a seleção ucraniana


     O atacante Andriy Shevchenko, 35, anunciou nesta quarta-feira que não vai mais defender a seleção da Ucrânia. Antes, disse que vai fazer um amistoso de despedida.

Rungroj Yongrit - 15.jun.12/Efe
Andriy Shevchenko aplaude equipe na partida contra a França
Andriy Shevchenko aplaude equipe na partida contra a França


     "É hora de dar espaço para os jovens. A Ucrânia tem um grande futuro com eles", disse ao canal "Ucrania". A seleção perdeu para a Inglaterra por 1 a 0, no dia anterior.
O resultado eliminou a Ucrânia da Euro. O país era anfitrião ao lado da Polônia, mas não conseguiu ir além da fase de grupos. A única chance de classificação era com vitória.

    Os ucranianos ainda reclamaram de um gol legal não validado pela arbitragem. Foi em chute de Marko Devic. A bola cruzou a linha do gol antes de ser cortada pelo zagueiro inglês John Terry. O lance foi alvo de comentários de Joseph Blatter, presidente da Fifa.

    "Os garotos se dedicaram nos jogos da seleção. Tentamos retribuir o carinho da torcida e ficamos emocionados com o apoio", afirmou o atacante.

    Shevchenko defende atualmente o Dínamo de Kiev, mas já passou por Milan e Chelsea. Entre os títulos conquistados, o destaque é a Copa dos Campeões 2003 pelo Milan.


Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br

Twitter: http://www.twitter.com/feafirmino

Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

sábado, 19 de maio de 2012

Chelsea cala o Allianz Arena


Blues comemoram título inédito. Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters

 
     Finalmente o Chelsea conquistou a tão ambicionada Liga dos Campeões. A mesma decisão por pênaltis que tirou o título europeu dos Blues em 2008 definiu a taça a favor dos londrinos agora em 2012, na Allianz Arena, em Munique. Depois de 120 minutos de futebol, Bayern e Chelsea empataram em 1 a 1. Nos pênaltis Drogba foi o herói do título ao converter a última cobrança: 4 a 3.

    O Bayern chegou a ter o título nas mãos, contra um adversário que parecia dominado. Isso até aparecer os heróis da decisão, Drogba e Cech. Robben, um dos melhores jogadores do clube alemão, acabou como vilão ao perder um pênalti na prorrogação. 
 
    O Chelsea entrou em campo com a nítida intenção de não levar gol. A mentalidade defensiva da equipe inglesa acabou refletida no maior domínio do Bayern de Munique. Porém nem todo o predomínio foi suficiente para fazer o Bayern furar a rocha na qual se tornou a defesa do Chelsea, treinada pelo italiano Roberto Di Matteo. As jogadas de ataque do time alemão, criadas principalmente pelo trio Ribéry, Robben e Müller, paravam no muro azul erguido em frente à área do goleiro Cech.

    No primeiro tempo, o Bayern ainda teve duas chances claras de gol, desperdiçadas por Robben e Mario Gomez. Na primeira, Cech defendeu com os pés e a bola ainda beliscou o travessão. Na seguinte, Gomez teve o gol escancarado em sua frente e, da marca do pênalti, conseguiu isolar na arquibancada da Allianz Arena.

   O Chelsea, assim como no duelo contra o Barcelona pelas semifinais, esperava um contra-ataque para conseguir o gol que poderia lhe dar o título. Só que o Bayern também possui um time muito bem estruturado defensivamente, que não deu os espaços que a equipe inglesa tanto desejava.

    O ritmo da decisão caiu no segundo tempo, mas o ataque contra defesa protagonizado pelas duas equipes continuou. Tudo indicava que a partida iria para a prorrogação, o que seria lucro pelo que o Chelsea mostrava em Munique. 

   De tanto martelar o Bayern acabou premiado pela insistência. Schweinsteiger conseguiu fazer o centro e Müller acertou a cabeçada perfeita. A bola ainda tocou no travessão antes de pingar dentro do gol de Cech. 

   O gol obrigou o Chelsea a sair para o tudo ou nada pela primeira vez na partida. A sorte deu às caras mais uma vez nesta Liga dos Campeões. No único escanteio que teve a seu favor, Drogba soltou um petardo de cabeça para igualar o placar aos 43 minutos. O tempo extra era uma dádiva para os Blues.

Cech, o outro herói da decisão
   A dinâmica do futebol pode ser cruel às vezes. Desta vez ela mostrou seu lado sádico para os torcedores do Bayern de Munique. Drogba, que havia sido o heroi do milagroso empate, cometeu pênalti sobre Ribéry. O camisa dez Robben foi para a cobrança, e o goleiro Cech mostrou que é um gigante ao fazer a defesa.  
   O Bayern não desistia e continua pressionando. Teve grandes chances para vencer, na mais incrível delas Van Buyten não conseguiu alcançar para completar o chute cruzado de Olic.

   O tempo passava, o desgaste físico se tornava um peso a mais além da pressão psicológica. Não houve outra saída senão a decisão do título pelos pênaltis. Marca da cal que foi fatal para os alemães outra vez, quando 
   Cech defendeu a cobrança de Olic e Schweinsteiger acertou a trave na sua vez. Drogba converteu o dele e garantiu o nome que o nome do Chelsea fosse escrito pela primeira vez na taça da Liga dos Campeões.
FICHA TÉCNICA
BAYERN DE MUNIQUE 1 (3) x (4) 1 CHELSEA

Local: Allianz Arena, Munique (ALE)
Data-Hora: 19/5/2012 - 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Pedro Proença (POR)
Auxiliares: Bertino Miranda (POR) e Ricardo Santos (POR)
Cartões amarelos: Schweinsteiger (BAY); Ashley Cole (CHE), David Luiz (CHE), Drogba (CHE), Torres (CHE)
Cartões vermelhos: -
Gols: Müller 38'/2°T (1-0) e Drogba 43'/2ºT (1-1)
Pênaltis: Lahm, Gomez e Neuer fizeram; Olic e Schweinsteiger perderam (BAY); David Luiz, Lampard, Cole e Drogba fizeram; Mata perdeu (CHE)

BAYERN DE MUNIQUE: Neuer, Lahm, Boateng, Tymoshchuk e Contento; Schweinsteiger, Kroos, Robben, Ribéry (Olic 6'/1ºP) e Müller (Van Buyten 42'/2ºT); Mario Gomez- Técnico: Jupp Heynckes.

CHELSEA: Cech, Bosingwa, David Luiz, Cahill e Ashley Cole; Mikel, Lampard, Kalou (Torres 39'/2ºT), Bertrand (Malouda 27'/2ºT) e Mata; Drogba - Técnico: Roberto Di Matteo.

Fonte: Leia mais no LANCENET! http://www.lancenet.com.br/minuto/Finalmente-Chelsea-conquista-Liga-Campeoes_0_703129783.html#ixzz1vMGmPY7f 
© 1997-2012 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE! 

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br


 Assista ao programa ESPORTE MANIA, na TSTV: http://ow.ly/aqLTl

Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c


terça-feira, 8 de maio de 2012

Mano, Marin e outras histórias.

    Depois de Juvenal ter se intrometido no trabalho de Emérson Leão no São Paulo, agora o "jovial" Marin, presidente da CBF disse que não quer que Mano Menezes convoque Ronaldinho Gaúcho para as Olimpiadas de Londres.

    Não esta errado o mandatário quando diz que o funcionário tem que atender as decisções de sua diretoria, mas também não deve criar este tipo de clima dizendo o que deve ou não fazer, pois para que treinador se quem decide é o presidente?

    A convocação de Mano Menezes deve ser focada somente nas Olimpíadas. E falando nela creio que o único acima da idade de 23 anos que esta no grupo é Tiago Silva, do Milan, este é intocável e não é para menos, ele atualmente vem se destacando como um dos melhores zagueiros do mundo, os outros dois atletas provavelmente devem ser David Luiz, Chelsea e provavelmente um volante.

    Agora falando da opinião do Marin sobre Ronaldinho Gaúcho, ele até que tem razão. Faz mais de um ano que Gaúcho não joga bola, engana com lampejos de craque, nada mais.

    Vamos aguardar e ver o que Mano ira aprontar, pois suas convocações são verdadeiras charadas, pois ninguém entende.

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br


Assista ao programa ESPORTE MANIA, na TSTV: http://ow.ly/aqLTl

  Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Mais um capítulo da novela Oscar

    A novela entre Oscar, São Paulo e Internacional, vai ganhando novos capítulos e muita coisa ainda pode acontecer deste imbrólio todo.


Oscar não deseja atuar no Tricolor do Morumbi.
Foto: Ricardo Rimolli

      Oscar enviou na última sexta-feira uma carta ao São Paulo como forma de resposta à nota oficial divulgada pelo clube no dia 18. No documento, o jogador reafirma a sua vontade de permanecer no Internacional e critica a postura que a diretoria tricolor tem tomado no caso.

     Segundo André Ribeiro, advogado do meia, a carta não foi feita com a intenção de ser divulgada para a imprensa, e era apenas do jogador para o clube. Nem Oscar nem seu estafe receberam resposta.
    Na carta, uma das queixas era quanto ao salário que o Tricolor vai passar a pagar para Oscar (mesmo valor que o do Inter). Confira o trecho, publicado pelo Zero Hora:

    “O ato unilateral do São Paulo de majorar o salário do Atleta sem consentimento deste é inclusive ilícito, tendo em vista que o artigo 468 da Consolidação das Leis do Trabalho veda expressamente a alteração contratual que não ocorra por mútuo consentimento das partes, ainda que benéfica ao trabalhador, quanto mais aquelas que possuem claro objetivo de impor grave prejuízo ao trabalhador, como é o caso.”

O    scar segue inscrito na Libertadores como atleta do Inter, mas está impossibilitado de jogar, já que, na CBF, está registrado no São Paulo.


Leia mais no LANCENET! http://www.lancenet.com.br/sao-paulo/Oscar-carta-Paulo-reafirmar-insatisfacao_0_688131379.html#ixzz1t3yd5i7C 
© 1997-2012 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE!
 

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br


Assista ao programa ESPORTE MANIA, na TSTV: http://ow.ly/aqLTl

  Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Homenagem ao craque Dener

O craque na Lusa
     Em 1982, aos onze anos, Dener entrou pela primeira vez no Estádio do Canindé para defender a equipe mirim daPortuguesa de Desportos. Quatro anos mais tarde, teve de abandonar o sonho de fazer carreira no futebol para ajudar a mãe com as despesas de casa.
     Órfão de pai desde os oito anos, Dener e os irmãos tiveram de começar a trabalhar para ajudar no sustento da família. Ele estudava pela manhã, trabalhava à noite e jogava futebol Salão de por cachê na Vila Mariana, pelo Colégio Bilac,onde foi campeão em torneios Intercolegiais, como a Copa D'anup - Jovem Pan.
     Em 1988 voltou a treinar nas categorias de base da Portuguesa de Desportos, após uma passagem frustrada de dois meses pelo São Paulo. O treinador Antônio Lopes, na época treinador da equipe sênior, promoveu o jogador à categoria mesma equipe, transformando-o em profissional. Dener treinava entre os seniores e ainda jogava pelo juniores, e foi assim que levou a Portuguesa ao primeiro título do clube na Copa São Paulo de Futebol Júnior em 1991, sendo no fim eleito o melhor jogador do campeonato.
    Com apenas 20 anos o jogador teve a sua primeira oportunidade com a camisa da Seleção Brasileira e em 27 de Marçode 1991, contra a Seleção Argentina em Buenos Aires, fez a sua estréia.
    Em 1993 Dener foi emprestado por três meses ao Grêmio onde conquistou o seu primeiro título numa equipe profissional. No fim do empréstimo, o jogador retornou à Portuguesa para disputar o Campeonato Brasileiro.
    No ano seguinte o jogador foi novamente emprestado, agora para um clube carioca, o Vasco da Gama. Este seria o seu último clube até a sua prematura morte.

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br


Assista ao programa ESPORTE MANIA, na TSTV: http://ow.ly/64PTi

Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Oscar topa reunião com São Paulo, mas já avisa: "Não quero voltar"

     Após recusar oferta de aproximadamente R$ 10 milhões para liberar Oscar, o São Paulo avisou que só fará uma contraproposta ao Internacional caso ouça da boca do jogador que não há interesse de retornar ao Morumbi. Nesta segunda-feira, o meia disse ao Sportv que não descarta uma reunião com os dirigentes tricolores, mas avisou que quer permanecer no Sul.
     "Sim, lógico que toparia (um encontro). Mas independente de olho no olho, meus advogados estão me representando. O Juvenal (Juvêncio, presidente do São Paulo) também não foi à reunião, mas tinha representantes do São Paulo. Foi a mesma coisa comigo", disse Oscar, desmentindo seu advogado, André Ribeiro, que afirmou antes à Rádio Gaúcha que o cliente não estava disposto a conversar.
     Independente do encontro, o apoiador nem cogita vestir a camisa do clube que o revelou mais uma vez. "Já estou totalmente adaptado ao Inter. Cheguei há dois anos e conquistei meu espaço, as portas se abriram para mim no Brasil. Eu quero ficar no Inter, não quero mesmo jogar no São Paulo. Meus familiares se adaptaram muito bem, quero continuar jogando pelo Inter, vou continuar", acrescentou.
     Adalberto Baptista, diretor de futebol do São Paulo e escolhido pelo presidente Juvenal Juvêncio para tratar com os gaúchos no caso, insiste que sua equipe quer contar com o atleta formado em suas categorias de base. Caso isso não aconteça, garante que a saída do jogador não será pelo valor que os colorados desejam pagar - o Tricolor exige pelo menos R$ 17 milhões.
     Os paulistas querem receber o valor de mercado atual do atleta, mas os portoalegrenses e os advogados de Oscar acreditam que devem desembolsar o que ele valia em 2010, quando deixou o Morumbi em litígio com a diretoria e pouco conhecido no cenário nacional.
      "Essa valorização que o São Paulo está falando aconteceu no Inter. Estamos querendo pagar a multa de quando eu saí. O valor máximo da multa é de R$ 10 milhões. Se não foi isso que oferecemos para o São Paulo, foi quase. Não sei porque estão querendo ter essa conversa", falou Oscar.
      Ele insiste que "quer jogar o mais rápido possível", mas deixa claro que prefere continuar parado do que voltar ao São Paulo, até porque não gostou do tratamento que recebeu da diretoria tricolor, antes e depois de se desvincular do clube.


AFP
Oscar fala em jogar "o mais rápido possível" para integrar Seleção nas Olimpíadas


     "Várias coisas aconteceram desde que eu tinha 15, 16 anos, desde quando o São Paulo me escondeu na Espanha (para driblar olheiros europeus antes da assinatura do primeiro contrato profissional). Quando eu estava no profissional, fizeram contrato errado, tentaram consertar e não deu certo. É uma história antiga com os dirigentes, por isso saí do clube. Torcedores foram em casa cobrar, o Marco Aurélio (Cunha, então superintendente de futebol) me ligou e falou que eu sentiria consequências muito grandes. Estou sentindo, mas dei a volta por cima. Ele falou que eu estava praticamente encerrando minha carreira. Foi uma mensagem de voz, tenho gravado, mas não precisei usar e acho que nem vou precisar", completou.
    Após se desvincular na Justiça, Oscar assinou com o Inter, que pagou 3,5 milhões de euros a seu empresário para ficar com 50% de seus direitos econômicos. Neste ano, contudo, o São Paulo ganhou disputa judicial e seu vínculo com o atleta foi revalidado, impedindo-o de entrar em campo pelo Colorado.

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br


Assista ao programa ESPORTE MANIA, na TSTV: http://ow.ly/64PTi

Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

terça-feira, 10 de abril de 2012

São Paulo consegue alvará para colocar cobertura no Morumbi

     O São Paulo conseguiu o alvará para o ínicio das obras de modernização no estádio do Morumbi. O projeto prevê a instalação de uma cobertura e as obras devem durar cerca de um ano e meio. Além disso, o clube ainda espera uma aprovação na Câmara Municipal para poder construir um hotel ao lado do estádio. Para os dirigentes tricolores, isso seria importante para garantir a engenharia financeira. 'Nós estávamos numa grande expectativa e nossas tratativas na Prefeitura foram bem sucedidas. Dividimos a modernização em duas etapas e a primeira é a cobertura. Posteriormente, será feita a construção do hotel', comenta João Paulo de Jesus Lopes, vice-presidente de futebol.
São Paulo consegue alvará para colocar cobertura no Morumbi
Perspectiva de como ficará a cobertura - Foto: Divulgação
     Ele explica que o impacto das obras será minimo e, quando houver interdição mais fortes, serão setorizadas. 'Aquelas mais abrangentes serão direcionadas para o período de férias', diz. A cobertura já estava prevista no projeto inicial do São Paulo para colocar o Morumbi na Copa do Mundo de 2014. O estádio acabou sendo excluído do processo, mas o projeto continuou em andamento. A cobertura possibilitará também a criação de uma arena para shows reduzida em relação à capacidade do estádio: ele comportará 25 mil pessoas, ficará atrás de um dos gols e não inviabilizará a realização de jogos porque não haverá o desgaste do gramado.
     'A primeira etapa dependia de alvará e deve começar nos próximos dias, o presidente acredita que ainda em abril, e deve levar de 14 a 18 meses para ser concluida. Serão feitas intervenções na área de sanitários, nos bancos, alimentação, e principalmente a implantação da arena de 25 mil lugares. Há uma demanda muito grande na cidade e poderemos ter até 40 shows por ano com plateia menor, sem interferência no futebol. Mas os grandes shows também continuarão', lembra.
     Quem vai fazer a obra é a empreiteira Andrade Gutierrez, mas o dinheiro, cerca de R$ 300 a 400 milhões, virá de investidores que estão sendo mantidos em sigilo. O São Paulo também ainda não definiu para quem vai os naming rights da nova arena de shows. A expectativa é receber 40 shows por ano. 'O torcedor de futebol será beneficiado, na medida em que o estádio vai se tornar muito mais confortável e modernizado.




Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br  


Assista ao programa ESPORTE MANIA, na TSTV: http://ow.ly/64PTi

Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

domingo, 18 de março de 2012

Romário diz que Copa de 2014 será o 'maior roubo da história'

    O ex-jogador de futebol e deputado federal Romário (PSB-RJ), um dos principais críticos à forma com que a Copa do Mundo de 2014 tem sido organizada, afirmou ontem, em seu perfil no site de relacionamentos Facebook, que a competição se tornará o "maior roubo da história" do país, tudo por conta da má gestão dos políticos brasileiros.

   "Brasileiros, continuem cobrando e se manifestando porque essa palhaçada vai piorar quando tiver a um ano e meio da Copa. O pior ainda está por vir, porque o governo deixará que aconteçam as obras emergenciais, as que não precisam de licitações. Ai vai acontecer o maior roubo da história do Brasil", disse Romário.

    Para ele, "o governo engana ao povo", e a presidente Dilma Rousseff "está sendo enganada ou se deixa enganar" quando afirma que a Copa será a melhor de todos os tempos.

     Romário criticou a ausência de deputados na reunião entre o presidente da Fifa, Joseph Blatter, e Dilma, na última sexta-feira (16), quando se tratou do projeto da Lei Geral da Copa, que está prevista para ser votada na Câmara Federal ainda nesta semana.

Reprodução/Facebook/romariodesouzafaria

     "O presidente da comissão da Lei Geral da Copa, Renan Filho, não estava lá. O relator da Lei da Copa, Vicente Cândido, também não. O presidente da Casa onde será votada a lei, Marco Maia, também não estava presente. E muitos outros que tem muito a ver com a Lei Geral da Copa, não estavam presentes. Na minha concepção de político, a política vai de mal a pior."

    Após a reunião, Blatter revelou que Dilma lhe deu amplas e plenas garantias de que o Brasil respeitará "todos os compromissos assumidos com a Fifa", incluindo o de permitir a venda de bebidas alcoólicas nos estádios, que é um dos pontos que gera mais rejeição no Congresso, especialmente pela bancada evangélica.

     O melhor jogador do mundo de 1994 convidou os brasileiros a se manifestarem e disse que o povo tem toda a razão ao reivindicar e exigir por parte dos políticos mais seriedade e responsabilidade nas questões relativas à Copa.


Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br

Twitter: http://www.twitter.com/feafirmino

Assista ao programa ESPORTE MANIA, na TSTV: http://ow.ly/64PTi

Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c

segunda-feira, 12 de março de 2012

Ricardo Teixeira renuncia, será que agora o futebol irá melhorar finalmente?

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, 64, renunciou à confederação que controla o futebol nacional. Além disso, também deixou o COL (Comitê Organizador Local da Copa-2014), a cerca de dois anos para o Mundial.
Greg Salibian - 3.set.11/Folhapress
Jose Maria Marin, novo presidente da CBF e do COL
Jose Maria Marin, novo presidente da CBF e do COL
Em carta lida na manhã desta segunda-feira no Rio pelo seu sucessor, José Maria Marin, 79, um de seus cinco vices, ele diz que vai cuidar da saúde e ficar com sua família, mas se colocou à disposição para continuar "colaborando com o futebol brasileiro".
Marin cumprirá o restante do mandato, até 2015. E também herderá o cargo no COL. "Vou assumir o COL ao lado de um grande ex-jogador, o Romário", disse Marin, para em seguida corrigir e dizer Ronaldo, que já era integrante do comitê da Copa.
"Presidir paixões não é uma tarefa fácil. Futebol em nosso país é associado a duas imagens: talento e desorganização. Quando ganhamos, exaltam o talento. Quando perdemos, a desorganização", afirmava a carta.
"Fiz o que estava ao meu alcance. Renunciei à saúde", completou.
A saída do cartola, mineiro de Carlos Chagas e desde 1989 no cargo, quando chegou ao poder amparado pelo então sogro e presidente da Fifa, João Havelange, chegou a ser dada como certa por presidentes de federações estaduais antes do Carnaval, mas Teixeira garantiu que continuaria com as atividades normalmente.
Luiz Carlos David-15.jan.1989/Folhapress
Ricardo Teixeira na festa pela eleição na véspera de sua posse em janeiro de 1989; ao fundo Marco Antonio Teixeira
Ricardo Teixeira na festa pela eleição na véspera de sua posse em janeiro de 1989
Em crise não só dentro de campo --com a seleção brasileira eliminada das últimas Copa do Mundo e Copa América logo nas quartas de final-- como também e principalmente fora dele --em meio a novas denúncias de corrupção--, Teixeira já vinha dando sinais de que poderia sair.
No início de fevereiro, demitiu o tio, Marco Antônio Teixeira, da secretaria-geral da entidade. Ele estava na função praticamente desde o começo do mandato do sobrinho no final da década de 1980.
No final do ano passado, já havia nomeado o então presidente do Corinthians, Andres Sanchez, para diretor de seleções. Além disso, o ex-jogador Ronaldo foi colocado dentro do COL. Depois, o ex-atleta Bebeto.
Em 29 de setembro de 2011, foi internado em um hospital no Rio apresentando dores abdominais. O boletim médico disse que Teixeira tinha uma diverticulite (inflamação na parede do cólon, ligado ao intestino grosso) não complicada. Assim, faria tratamento apenas com anti-inflamatório, analgésico e uma alimentação regulada, sem necessidade de cirurgia. Recebeu alta dois dias depois.
Editoria de arte/folhapress
Todos os técnicos da Era Teixeira
Todos os técnicos da Era Teixeira
Enquanto esteve em observação, deu brindes para as pessoas que cuidavam dele, como bonés e camisetas da seleção brasileira.
Um mês antes, foi alvo de protestos em várias cidades do país contra a sua administração.
Além disso, enfrenta acusação de estar envolvido no maior escândalo da história da Fifa.
O chamado dossiê da ISL, ex-agência de marketing da entidade, falida em 2001, será avaliado pela Corte Federal da Suíça e tem documentos considerados comprometedores para Teixeira.
O processo, que tramita desde 2008, possui os nomes de dirigentes que supostamente receberam propina em negociação pelos direitos de transmissão de Copas do Mundo.
Pressionado, Teixeira perdeu força para virar o sucessor de Joseph Blatter na presidência da Fifa após a Copa de 2014, no Brasil.
Em 2000, chegou a enfrentar duas CPIs (Comissões Parlamentares de Inquérito), no Congresso Nacional, porém o título da seleção no Mundial de 2002, segundo ele próprio, serviu para lhe dar força e terminar se mantendo à frente da CBF.
Seu mandato iria até 2015 graças a uma manobra no estatuto da confederação. Em 2008, ele conseguiu convencer os presidentes das federações estaduais a estender a gestão, de quatro para sete anos, para "não interferir" nos preparativos do país para a Copa-2014.
Sem ele, o estatuto da CBF diz que assumiria o vice-presidente mais idoso. Ao todo, eles eram cinco, um para cada região do país, e esse status acabou ficando com José Maria Marin, 79.
Representante do Sudeste e ex-governador de São Paulo, o dirigente recentemente foi flagrado por câmeras de TV colocando no próprio bolso uma das medalhas da premiação do título da Copa São Paulo de juniores conquistado no último dia 25 pelo Corinthians.
Na ocasião, Marin disse que se tratava de "uma cortesia" da Federação Paulista.
Fotomontagem
Fotomontagem mostra momentos de Ricardo Teixeira com técnicos da seleção; clique na foto e veja galeria
Fotomontagem mostra momentos de Teixeira com técnicos da seleção e Pelé; clique na foto e veja galeria
CRONOLOGIA
Em 1989, o empresário mineiro Ricardo Teixeira foi eleito o 18º presidente da CBF e escolhido ser nunca ter tido qualquer experiência como dirigente. De acordo com reportagem da Folha em 1991, gastou US$ 2 milhões na campanha, distribuindo benesses às federações estaduais --elas é que definem o mandatário da CBF.
Sob seu comando, a seleção brasileira venceu a Copa do Mundo duas vezes (1994 e 2002) e encerrou um jejum de 24 anos. Ainda conquistou por três vezes a Copa das Confederações e em cinco vezes levantou a taça da Copa América.
Editoria de arte/folhapress
As principais conquistas da Era Teixeira
Sua gestão na entidade máxima do futebol brasileiro também ficou marcada por parcerias milionárias (especialmente com a Nike), viradas de mesa no Campeonato Brasileiro, escândalos de arbitragem e CPIs no Congresso:
Veja abaixo a cronologia do mandatário desde que assumiu a presidência da CBF.
16/01/1989
Aos 41 anos, é eleito presidente da CBF e anuncia o técnico Sebastião Lazaroni na seleção brasileira. Seu diretor de futebol, Eurico Miranda, listou os 39 selecionáveis para as eliminatórias da Copa-1990. E a primeira polêmica foi criada. A lista tinha dez atletas do empresário uruguaio Juan Figer e sugeria favorecimento, uma vez que não foi divulgada pelo novo treinador, que estava no futebol árabe, mas por Eurico Miranda, também vice de futebol do Vasco.
16/07/1989
A seleção derrota o Uruguai por 1 a 0 (gol de Romário), no Maracanã, e conquista a Copa América após 40 anos do último título.
19/07/1989
Tem início a disputa da primeira Copa do Brasil, competição criada no primeiro ano da gestão de Ricardo Teixeira e que teve o Grêmio como campeão.
16/01/1990
João Havelange, presidente da CBF, diz que ao deixar a Fifa (previa a saída em 1994) o melhor nome para sucedê-lo era o de Ricardo Teixeira. Dias depois, em entrevista para a Folha, desconversou e disse que precisava ser alguém jovem para o cargo.
18/01/1990
Polêmica com a federação portuguesa. Sporting, Porto e Benfica chegaram a se recusar a liberar os brasileiros para a seleção alegando que a CBF não havia acertado seguro e o salário dos selecionáveis nos jogos de 1989. Silas era do Sporting, Branco, do Porto e o trio Valdo, Ricardo Gomes e Aldair, do Benfica.
24/06/1990
A seleção perde para a Argentina por 1 a 0 (gol de Caniggia), em Turim, e é eliminada nas oitavas de final da Copa do Mundo da Itália. Lazaroni perde o emprego e o ex-jogador Paulo Roberto Falcão é chamado para o cargo.
19/05/1991
A data marca o que foi a primeira virada de mesa da era Teixeira. Neste dia, a primeira fase do Brasileiro-1991 terminou com o Grêmio rebaixado. O time disputou a Série B em 1992, mas ficou distante dos primeiros colocados. O jeito encontrado pela CBF para trazer a equipe de volta para a elite foi inchar o Brasileiro-1993, promovendo 12 clubes.
21/07/1991
A seleção fica com o vice da Copa América do Chile. Nem mesmo a vitória por 2 a 0 sobre a equipe da casa mudou a sorte do time de Falcão.
17/07/1991
O cartola antecipa a eleição de janeiro de 1992 para esta data e é reeleito. Ele concorreu sozinho e foi escolhido por unanimidade pelas 27 federações. O segundo mandato iniciou oficialmente em 16 de janeiro de 1992, válido até a mesma data de 1996. O pleito foi outra polêmica na sua trajetória na CBF. Ao antecipar a votação concorreu com a oposição enfraquecida e sem ser enquadrado na Lei Zico (ainda um projeto).
31/07/1991
Em reportagem de capa, a Folha mostra que a reeleição de Teixeira é contestada em Brasília e considerada "manobra ilegal". Isso porque ao antecipar a eleição em seis meses ele concorreu sem adversários e evitou ser enquadrado pelo "Projeto Zico" (que seria votado Lei em agosto). Caso isso ocorresse, o projeto estenderia o direito a voto a 84 clubes, além das 27 federações, possibilitando um pleito mais equilibrado.
22/09/1991
Em entrevista à Folha, Teixeira diz que está insatisfeito com a seleção e que a equipe deveria ser formada apenas com jogadores que estão no Brasil. Prometia ainda ficar no cargo até janeiro de 1996 (fim do segundo mandato) e não almejava dirigir a Fifa.
02/08/1992
Com vitórias contra Estados Unidos e México, a seleção conquista a segunda taça da era Teixeira na Copa da Amizade, nos Estados Unidos. Torneio não oficial.
27/06/1993
Mais uma vez a seleção é eliminada pela Argentina em um torneio oficial. Dessa vez nas quartas da Copa América do Equador. Após 1 a 1, perdeu nos pênaltis por 6 a 5.
25/07/1993
A seleção brasileira é derrotada pela Bolívia e perde a invencibilidade de 31 jogos e 40 anos em eliminatórias da Copa do Mundo (desde 1954). O time treinado por Carlos Alberto Parreira ouve muitas críticas.
19/09/1993
A seleção derrota o Uruguai por 2 a 0 (gols de Romário), no Maracanã, e assegura sua participação na Copa do Mundo de 1994.
17/07/1994
Após empate sem gols, a seleção brasileira derrota a Itália nos pênaltis por 3 a 2 e conquista a Copa do Mundo após 24 anos da última conquista. No retorno ao Brasil, a delegação trouxe dos EUA 17 toneladas de bagagens e compras (tinha embarcado com duas toneladas na ida). O cartola foi acusado de ter transportado equipamentos para sua choperia El Turf, protagonizando o que ficou conhecido como "voo da muamba".
11/06/1995
O Brasil supera a Inglaterra por 3 a 1 e fatura a Copa Umbro, terceiro título da era Teixeira. Antes tinha vencido Suécia (1 a 0) e Japão (3 a 0).
03/07/1995
Teixeira é reeleito pela segunda vez com o voto de 26 federações estaduais e de todos os 24 clubes que participam da primeira divisão do futebol brasileiro. A federação do Pará não votou. Não houve nenhum candidato de oposição. Na solenidade, Teixeira afirmou que a disputa da Olimpíada de Atlanta-1996 era a prioridade.
23/07/1995
Nos pênaltis, o Brasil é vice da Copa América do Uruguai em duelo contra a seleção anfitriã. No tempo normal foi 1 a 1 e nos pênaltis derrota do time de Zagallo por 5 a 3.
31/07/1996
Na semifinal dos Jogos de Atlanta-1996, a seleção perde para a equipe da Nigéria por 4 a 3 e vai disputar o bronze. Goleia Portugal por 5 a 0.
24/11/1996
A data marca o que foi a segunda virada de mesa da era Teixeira. Fluminense e Bragantino, rebaixados, ficaram na elite em 1997 beneficiados pelo escândalo de arbitragem que envolveu Ivens Mendes (ver maio de 1997). O caso cancelou os rebaixamentos, mas não os acessos da Série B para a elite do Nacional.
05/12/1996
Celebrado como um dos grandes feitos da gestão de Teixeira, a CBF apresentou as novas camisas confeccionadas pela Nike. O contrato rendeu para os cofres da entidade US$ 220 milhões (total) em dez anos, além de investir mais US$ 180 milhões em eventos e promoções.
01/01/1997
A CBF assina o segundo acordo milionário, dessa vez com a Coca-Cola. O acordo previa R$ 30 milhões (total) até o fim do contrato, no final de 2002. Em maio de 2001, a entidade rescindiu o acordo e fechou com a AmBev (guaraná Antarctica) por uma cifra maior.
07/05/1997
Reportagem publicada pela TV Globo mostram gravações telefônicas que sugerem a manipulação de resultados. O dirigente pedia R$ 25 mil a dirigentes do Atlético-PR em troca de "ajuda" e R$ 100 mil (esquema que foi apelidado de "um, zero, zero") para o presidente do Corinthians, Alberto Dualib. Mendes pediu demissão da Comissão de Arbitragem da CBF (ele estava no cargo desde 1989) e Armando Marques assumiu.
29/07/1997
"Vocês vão ter de me engolir." Assim Zagallo desabafou após o título da Copa América da Bolívia. Na final, vitória do Brasil sobre a seleção anfitriã por 3 a 1.
21/12/1997
Com goleada por 6 a 0 sobre a Austrália, o Brasil conquista pela primeira vez a Copa das Confederações, disputada na Arábia Saudita.
12/07/1998
Com uma derrota por 3 a 0, a seleção perde a final da Copa do Mundo para a anfitriã França. O jogo ficou marcado pelo problema de saúde sofrido pelo atacante Ronaldo na noite anterior à final.
01/07/1999
Pela terceira vez Teixeira é reeleito na CBF. Novamente como candidato único e de forma unânime. O pleito criou uma comissão anti-Lei Pelé, que ainda seria votada. A Lei Pelé iria regulamentar todo o esporte brasileiro. A obrigatoriedade da transformação dos clubes em empresas, o limite de prazo dos contratos dos jogadores e a proibição do registro de atletas na CBF são alguns pontos que incomodavam os dirigentes.
18/07/1999
A seleção derrota o Uruguai por 3 a 0 (dois gols de Rivaldo e um de Ronaldo) e fatura o título da Copa América do Paraguai.
04/08/1999
Com uma seleção mais jovem e reformulada por Vanderlei Luxemburgo, a seleção perde o bi da Copa das Confederações para o México por 4 a 3.
03/07/2000
A CBF desiste da candidatura à Copa do Mundo de 2006, em favor da África do Sul. "Nós estaremos trabalhando em prol da candidatura da África do Sul, para obter o apoio deles para a Copa-2010", disse Ricardo Teixeira na ocasião.
20/07/2000
Como o Gama ganhou na justiça comum o direito de estar na primeira divisão (foi rebaixado em 1999), o futebol brasileiro sofre a terceira virada de mesa. Bahia, Fluminense, Juventude e América-MG, que estavam na Série B, também são incluídos no Nacional, que passa para 25 participantes. A inclusão foi arquitetada pela CBF e pelo Clube dos 13.
07/06/2000
O Brasil cai ante a França na semifinal da Copa das Confederações com derrota por 2 a 1. O revés faria Emerson Leão, que chamou basicamente atletas que só atuavam no campeonato nacional ser demitido. Antes o time ainda perdeu para a Austrália por 1 a 0 na decisão de terceiro lugar.
23/10/2000
Com dois jogadores a mais, a seleção brasileira olímpica, comandada por Vanderlei Luxemburgo, perde para a equipe de Camarões por 2 a 1 na prorrogação e é eliminada nas quartas de final de Sydney-2000.
31/08/2001
É internado no hospital Pró-Cardíaco, na zona sul do Rio, após sentir dores nos braços. Teixeira foi submetido a uma angioplastia (cirurgia plástica nos vasos sanguíneos) na artéria coronária direita, que apresentava obstrução de 85% e liberado três dias depois.
10/04/2001
Ricardo Teixeira depõe para a CPI instalada na Câmara, em outubro de 2000, para investigar supostas irregularidades no contrato entre a CBF e a multinacional Nike. Também deporia na CPI do Senado, na qual é acusado, entre outros crimes, de apropriação indébita dos recursos da confederação, sonegação fiscal e lavagem de dinheiro. O governo federal pediu a saída de Teixeira, mas a vitória na Copa-2002 (14 meses depois) e o apoio de cartolas o mantiveram no cargo.
Rodrigo Capote-13.ago.2011/Folhapress
Torcedores protestam contra Ricardo Teixeira na avenida Paulista, em São Paulo
Torcedores protestam contra Ricardo Teixeira na avenida Paulista, em São Paulo, o ESPORTESNET estava la
24/05/2001
CBF assina novo acordo com a AmBev por cerca de US$ 180 milhões em 18 anos. Mais um contrato milionário da gestão de Teixeira. Embora tenha dito na época que o negócio não tinha intermediários, a Folha revelou em junho do mesmo ano que empresa do economista Renato Tiraboschi, ex-sócio e amigo do cartola, recebeu US$ 8 milhões.
23/07/2001
Nas quartas de final da Copa América, o Brasil é surpreendido pela seleção de Honduras, perde por 2 a 0 e é eliminado. Luiz Felipe Scolari recebe muitas críticas, mas é mantido como técnico.
24/08/2001
Relatório elaborado pela Câmara dos deputados que fizeram parte da CPI CBF/Nike, finalizada em julho, apontou que as federações que demonstraram apoio a Teixeira entre 1998 e 2000 receberam R$ 12,5 milhões em doações da CBF.
31/08/2001
O cartola é internado no hospital Pró-Cardíaco, no Rio, após sentir dores nos braços. Ele foi submetido a uma angioplastia (cirurgia plástica nos vasos sanguíneos) na artéria coronária direita, que apresentava obstrução de 85%. Foi liberado três dias depois.
30/06/2002
O Brasil conquista o pentacampeonato da Copa do Mundo ao derrotar a Alemanha, no Japão, por 2 a 0 (gols de Ronaldo).
29/03/2003
A CBF testa pela primeira vez a fórmula de pontos corridos no Campeonato Brasileiro. O sistema agradou e foi mantido desde então. Com 24 clubes nas duas primeiras edições, 22 em 2005 e 20 desde 2006.
23/06/2003
Com empate contra a Turquia, o Brasil cai na primeira fase da Copa das Confederações. Antes perdeu para Camarões e venceu os Estados Unidos.
09/07/2003
Com voto em branco do São Paulo e nulo do Vitória, o cartola é reeleito com 46 dos 49 votos disponíveis. Votaram as 27 federações e os 24 clubes do Brasileiro-2003.
25/07/2004
Com uma seleção mista, o Brasil conquistou mais uma edição da Copa América. No Peru, empatou com a Argentina por 2 a 2 e venceu a final nos pênaltis por 4 a 2.
29/06/2005
Com direito a goleada sobre a Argentina por 4 a 0, a seleção conquista o segundo título da Copa das Confederações, disputada na Alemanha.
23/09/2005
Segundo esquema de manipulação de arbitragem é revelado. Uma reportagem da revista "Veja" denunciava uma rede de apostas realizadas pela internet, no qual estava envolvido o árbitro Edílson Pereira de Carvalho. O esquema de manipulação de resultados para favorecer um grupo de empresários foi batizado como Máfia do Apito. No dia 2 de outubro os 11 jogos suspeitos foram anulados e remarcados.
30/09/2005
O ex-árbitro Armando Marques deixa o cargo de presidente da Comissão de Arbitragem da CBF por causa do escândalo de manipulação de resultados no Brasileiro-2005. Marques substituiu Mendes, que pediu demissão em 1997 também após escândalo.
15/04/2006
Sem abrir concorrência, a CBF renovou com a parceria com a Nike, aumentando para mais 12 anos. O novo acordo previa o pagamento de US$ 12 milhões por ano.
16/07/2007
É reeleito mais uma vez com mandato até 2012. Ele recebeu o voto das 27 federações e apoio dos 20 clubes do Brasileiro-2007. Um dia antes a seleção tinha conquistado a Copa América com vitória sobre a Argentina por 3 a 0, na Venezuela.
30/07/2007
Apontada como a possível maior vitória da era Teixeira, o Brasil é escolhido para sediar a Copa do Mundo de 2014. A decisão foi anunciada em Zurique, na Suíça.
22/08/2008
O Brasil chega novamente a semifinal de uma Olimpíada, mas é eliminado pela Argentina por 3 a 0. Na decisão da medalha de bronze vence a Bélgica por 3 a 0.
15/05/2009
O atacante Ronaldo afirma que o cartola tem "duplo caráter" na sabatina da Folha. "Até 2006 a gente tinha ótimo relacionamento, e acabou. Não me importa absolutamente nada ter relacionamento com uma pessoa de duplo caráter. É muito fácil, na hora que se ganha, estar ali e levantar troféu, ser campeão junto com os jogadores. Na hora que perde, é fácil também pegar alguém para Cristo e crucificar essa pessoa", disse.
31/05/2009
Em evento nas Bahamas, foram anunciadas as 12 cidades-sedes da Copa do Mundo-2014: Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Curitiba, Salvador, Recife, Natal, Fortaleza, Manaus e Cuiabá.
28/06/2009
A conquista da Copa das Confederações da África do Sul, com vitória contra os Estados Unidos por 3 a 2, é até o momento o último título da era Teixeira.
21/12/2010
O cartola anuncia que a unificação dos títulos de campeão brasileiro de 1959 a 1970. Assim, Santos e Palmeiras passam a ser recordistas com oito conquistas e o Brasileiro-1971 deixa de ser considerado como a primeira edição do Nacional.
25/03/2011
Uma possível CPI para investigar a organização da Copa-2014 perde força após Teixeira visitar o Planalto. Uma semana antes Anthony Garotinho, deputado pelo PR-RJ, passou a recolher assinaturas para a instalação da CPI. Eram necessários 171 nomes, mas ao menos 34 deputados retiraram a assinatura após a visita de Teixeira.
06/04/2011
Em balanço divulgado por Teixeira é informado que a CBF registrou um lucro líquido de R$ 83 milhões ao longo de 2010. Recorde na história da entidade. De 2008 para 2009, o lucro havia subido 126%: de R$ 32 mi para R$ 72,4 milhões.
08/07/2011
Em entrevista para a revista "Piauí", o cartola diz que pode fazer "todo tipo de maldade" na Copa do Mundo de 2014 para atingir inimigos. "Em 2014, posso fazer a maldade que for. A maldade mais elástica, mais impensável, mais maquiavélica. Não dar credencial, proibir acesso, mudar horário de jogo. E sabe o que vai acontecer? Nada. Sabe por quê? Porque eu saio em 2015. E, aí, acabou", disse. O cartola classificou a imprensa brasileira como "vagabunda" e disse estar "cagando" para as denúncias. "Que porra as pessoas têm a ver com as contas da CBF?"
13/08/2011
Matéria veiculada no "Jornal Nacional" da TV Globo apresenta as investigações sobre supostas irregularidades em contrato da seleção brasileira para a realização de um amistoso contra Portugal, em 2008. A reportagem chamou a atenção porque Teixeira era até então um aliado histórico da emissora.
20/10/2011
O novo estádio do Corinthians, que está sendo construído em Itaquera, é confirmado como palco da abertura da Copa do Mundo-2014. No dia seguinte o delegado Victor Hugo Poubel, chefe da Delegacia de Repressão aos Crimes Financeiros da Superintendência da Polícia Federal no Rio, diz à Folha que Teixeira voltará a ser investigado pela PF por suspeita de lavagem de dinheiro.
01/12/2011
Dois anos após dizer que cartola tinha "duplo caráter", o ex-jogador Ronaldo diz ser amigo dele. "O presidente [Teixeira] me conhece desde que tenho 13 ou 14 anos. Nossa relação é a melhor possível. Aquela pequena briga foi um momento isolado e superado completamente", disse em coletiva.
08/12/2011
O presidente da Fifa, Joseph Blatter, ameaça revelar provas de que Teixeira recebeu suborno no da empresa ISL, que prestou serviços para Fifa e faliu em 2001. A ameaça não se concretizou e o caso continua sob sigilo judicial na Suíça.
15/01/2012
Reportagem de capa da Folha apresenta documento que revela que uma fazenda cartola é o elo entre o dirigente e a Ailanto Marketing. Essa empresa é investigada por superfaturar o amistoso da seleção brasileira contra Portugal em 2008. A pressão sobre Teixeira aumenta.

Fonte: Folha de SP

Participem, escrevam, envie suas opiniões e sugestões: esportesnetbr@yahoo.com.br


Assista ao programa ESPORTE MANIA, na TSTV: http://ow.ly/64PTi

Participe, deixe sua opinião sobre o que quer ver no #ESPORTESNET e no ESPORTE MANIA no Facebook, curta a fan page: http://ow.ly/5EI2c